Coma devagar

Para uma boa digestão deixe a pressa de lado

 

Nos dias atuais, as pessoas parecem viver contra o tempo. Seja no metrô, no ônibus, no consultório médico, todo mundo está correndo. Mas este novo modelo de vida baseado no corre-corre tem trazido sérios problemas para o cotidiano da população. Um deles é o aumento de problemas digestivos.

 A reclamação está atrelada à falta de espaço para refeições balanceadas. É fácil encontrar pessoas que, constantemente, acordam atrasadas e começam o dia sem o desjejum. Na hora do almoço, comem como se estivessem apostando corrida e logo vão para a próxima tarefa.

 O reflexo de tanta agitação aparece na forma de azia, refluxo gástrico, gastrite, prisão de ventre ou diarreia. A correria diária aumenta o estresse e, consequentemente, o nervosismo. Para driblar tais problemas, o primeiro passo é não pular refeições, ter horários e reservar tempo para comer sem pressa, de preferência em um lugar tranquilo.

 É importante a pessoa se concentrar enquanto estiver comendo e mastigar bem os alimentos. Não beber durante, nem 30 minutos antes e depois das refeições é um bom conselho. Vale também a recomendação dos nutricionistas sobre não passar mais de 4 horas em jejum e não comer coisas pesadas à noite. Em especial, frituras, gorduras, sal em excesso e bebidas alcoólicas devem ser evitadas.

 Em contrapartida, arroz, ameixa, banana, gengibre, iogurte e pêra não só podem como devem estar presentes nas refeições. Outro aliado são os chamados chás digestivos, entre eles, o de alfavaca, alecrim, camomila, sálvia e chá verde.