Bebê gordinho? Cuidado!

Está na hora de cuidar da dieta do seu filho

Sabe aquele bebê cheio de dobrinhas que nos dá vontade de morder de tanta fofura? Ele pode até ser bonitinho, mas toda a sua gordura não é sinônimo de saúde e muito menos de estar bem nutrido. As mamães devem ficar de olho no peso de seus filhos desde o nascimento.

Responsáveis pelo Departamento de Nutrição da Organização Mundial da Saúde (OMS) realizam um estudo há mais de vinte anos com 8.500 crianças entre 0 e 5 anos e afirmam que todos os bebês nascem com as mesmas condições e capacidades de desenvolvimento, e o que determina se eles serão obesos ou desnutridos são fatores externos. A obesidade pode ocasionar problemas cardiovasculares, diabetes e transtornos psicológicos. Por esse motivo, para preveni-la deve-se adotar medidas desde o primeiro dia de vida de seu bebê.

• Amamentação: o leite materno é o alimento ideal para os primeiros anos de vida da criança. É comprovado que bebês que se alimentam dele têm menos problemas com a obesidade se comparado com os que recebem leite de outras origens, como fórmulas infantis ou leite de vaca.

• Dieta balanceada: a partir dos seis meses ocorre o amadurecimento dos intestinos e do estômago do bebê e o leite materno já não é suficiente para suprir suas necessidades. Nesse momento, ele deve começar a comer alimentos mais sólidos, além do leite materno. Dê ao seu filho: vegetais, frutas, legumes, carnes e grãos variados batidos na papinha. E quando nascer os dentinhos, coloque na comida esses alimentos em pequenos pedacinhos.

• Realizar atividade física: o sedentarismo é um dos grandes vilões que contribui para a obesidade infantil. Não permita que seu filho permaneça mais de 2 horas por dia em frente à televisão, computador ou videogame. Leve-o para gastar suas energias no parquinho e estimule brincadeiras que melhorem sua condição física como brincar de bola, pega pega, entre outras.

• Dar o exemplo: não adianta forçar o seu filho a ter uma alimentação balanceada e correta se o resto da família faz o contrário. Crianças aprendem observando! Sentem-se todos em família na hora das refeições e capriche nas cores e decoração do prato; seu filho ficará encantado até mesmo com a comida.

Não se esqueça de levar seu filho periodicamente ao pediatra para verificar sua saúde e pesá-lo sempre para saber se ele está dentro do peso padrão para sua idade. Seguindo esses conselhos básicos seu bebê será saudável e feliz!