A importância da alimentação natural

Neste artigo falaremos mais sobre a importância da alimentação natural no dia a dia das pessoas.

A alimentação da maioria das pessoas atualmente está baseada no consumo de produtos refinados e industrializados. Alimentação desequilibrada e estilos de vida errados favorecem o ganho de peso, o aumento da gordura corporal, alterações bioquímicas e o aparecimento de doenças como diabetes, hipertensão, aumento do mau colesterol (LDL), e diminuição do bom colesterol (HDL), triglicérides, doenças cardiovasculares, câncer, maior risco de infarto, problemas gástricos e intestinais. A aquisição de hábitos de vida saudáveis e a realização de uma alimentação natural equilibrada favorecem a redução e/ou a manutenção do peso corporal, assim como a prevenção dos mais variados tipos de doenças promovendo melhor qualidade de vida ao individuo.

Além dos alimentos do dia-a-dia, alguns ainda são muito importantes para a prevenção de doenças e promoção da saúde. Até os anos 70 a alimentação natural era tida como hábito de um público alternativo, também conhecido como naturalista e ecológico. Aos poucos, contudo, ela foi ganhando espaço e conquistando mais adeptos, ao mesmo tempo em que estudos científicos passaram a comprovar a sua eficácia e importância para a saúde humana.

A preocupação com a estética corporal, a princípio, parece ser a principal causa para o estímulo do consumo de alimentos naturais no mundo atual, contudo o conceito da alimentação saudável se originou nos estudos científicos associados ao aumento da longevidade com qualidade de vida. Nas doenças crônicas, tais como Diabetes e Hipertensão Arterial, a alimentação natural passou a ser um componente essencial para prevenção e tratamento.